fbpx

Porque o PIB tem pouca utilidade real

O PIB, produto interno bruto, ainda é um forte indicador econômico, porém ele é falho. O PIB é um macroindicador que pode aumentar e as pessoas daquela região pouco ou nada ganharem com este aumento.

Medir o progresso social quase exclusivamente pelo aumento do PIB, isto é, pelo volume da produção influenciado pelo produtor, é uma fraude, e não é pequena. (John Kenneth Galbraith, economista, EUA)

Novos indicadores de desenvolvimento econômico

É preciso pensar nas pessoas que fazem a economia de uma região (cidade, estado, país, etc). E, talvez estejamos no momento de ampliarmos os indicadores de desenvolvimento econômico com outros fatores que possam descrever o estado psicológico das pessoas que criam, vivem, se beneficiam ou sofrem com essa economia. Porque a economia, mais do que dinheiro, reflete pessoas.

Consumidores

Estamos num momento onde assumimos que temos uma economia saudável na medida em que produzimos e consumimos de maneira cada vez maior. Do ponto de vista econômico nos intitulamos “consumidores”.

Afastando-se do humano

Estamos “bem economicamente” a partir do que produzimos e consumimos. E, medimos nossa riqueza através de macroindicadores que nos afastam do cotidiano, do humano, do doméstico, do real.

Hoje são as coisas que medem o sucesso do sistema (áreas construídas, veículos emplacados, toneladas consumidas), e a pessoa é reduzida a elemento produtivo e de consumo.

Protagonista consumidor

Nos modelos econômicos atuais a pessoa é algo secundário, o protogonista é o consumidor, aquele que consome, come, gasta, etc.

O que é o PIB

O PIB – produto interno bruto – é a soma (em $$$$) de todos os bens e serviços produzidos em uma determinada região. Considerando-se um período determinado. O PIB, felizmente ou infelizmente, é um dos indicadores mais utilizados na macroeconomia. Seu objetivo é de quantificar a atividade econômica de uma região.

Geralmente diz-se que, razões para a baixa do PIB são a desvalorização do real (R$) diante do dólar e as condições instáveis da politica vigente.

O que o PIB de fato é

O PIB pode aumentar enquanto a maioria dos cidadãos de um país ficam mais pobres, ou proporcionalmente não tão ricos. Isto ocorre porque o PIB não considera o nível de desigualdade de renda de uma sociedade.

E o Brasil naturalmente possui enorme nível de desigualdade de renda e portanto o PIB pouco reflete a realidade econômica que ocorre de fato.

Todas as dimensões do que se supõe ser um ser humano, e o ser tratado como tal, ainda não foram incorporados ao cálculo econômico do capitalismo. (Peter Drucker, professor administração, EUA)

Incentivo a investir

Mesmo com um PIB consideravelmente inútil isso não pode desestimulá-lo a investir. Desde investir na própria educação, o que considero um dos melhores investimentos, a investir em ativos financeiros que garantam uma renda mensal, como ações de dividendos e FIIs.

ebook-dividendos-acoes
Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

Escreve sobre investimentos e tecnologia. É autor no site Caminho para Riqueza. Twitter: @EvertonCpR, clique para ler mais...

Comentários