fbpx

Para que o investidor está investindo?

É comum o investidor ter o seu dinheiro investido e não ter ideia do porque está investindo. Uma clareza neste sentido é importante.

Para o que você, sendo um investidor, está investindo? Esta é uma pergunta que todo investidor precisa ter na ponta da língua, assim como a própria resposta. Eis algumas respostas que costumam dar a esta pergunta:

  • Não sei;
  • Liberdade;
  • Crescer;
  • Comprar um casa;
  • Obter retornos financeiros.

Quando na verdade a resposta deveria ser: RENDA.

Para que o investidor investe? Renda. Todo investimento, principalmente investimento financeiro, o objetivo de investir deve ser renda.

Ter renda é ter liberdade.
(Tony Robbins)

Ter renda é ter liberdade e a falta de renda é o estresse.

Monte uma carteira de investimento focada em renda

O investidor deve estruturar a sua carteira de investimentos parte em renda fixa e parte em renda variável. A carteira deve ter certa resistência as intempéries do cenário macroeconômico.

Para o caso de uma carteira de investimentos voltada para aposentadoria, não é o caso aqui, os saques em algum momento iriam reduzir o montante investido.

No atual cenário do mercado financeiro investir em dividendos é uma das formas de gerar renda, através de ações e FIIs que pagam proventos.

Faço minha carteira, peço ajuda ou faço em conjunto com um assessor?

O próprio investidor pode ser aquele que vai estruturar e compor o próprio portifolio ou carteira de investimentos, ou ele pode contar com um assessor de investimentos.

Um investidor muito ocupado pode delegar esse trabalho 100% para o assessor, o assessor precisa apenas entender o perfil do investidor. Eu prefiro montar a carteira em conjunto com o assessor, já que o assessor tem enorme conhecimento sobre os ativos financeiros que estão disponíveis para investimento, alinhados ao meu perfil de investidor.

O acompanhamento pode variar mas em geral a ajuda do assessor de investimento pode ser muito útil. Numa realocação uma consulta ao assessor pode evitar erros na hora de investir.

Dividendos

Os dividendos são os lucros distribuídos entre os acionistas daquele papel. Em 2019 tivemos diversos FIIs de dividendos e ações de dividendos que performaram muito bem.

Ações

Para selecionar boas ações de dividendos é possível comprar uma ETF, a DIVO11 por exemplo, ou selecionar os papéis mais interessantes que compõem o índice IDIV, o índice das ações de dividendos mantido pela Bolsa de Valores B3.

Fundos imobiliários – FIIs

Os fundos imobiliários são fundos de investimento que compram imóveis e os alugam. Essas cotas, então, são vendidas para o investidor final através da Bolsa de Valores. Acompanhe o índice IFIX que lista os FIIs mais negociados da Bolsa.

guia de investimento em fundo imobiliario
Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

Escreve sobre investimentos e tecnologia. É autor no site Caminho para Riqueza. Twitter: @EvertonCpR

Comentários