fbpx

OUFF11 é um fundo de fundos imobiliários para investidores FII

Um fundo de fundos é um fundo de investimento imobiliário – FII – constituído sob a forma de condomínio fechado que tem como objetivo a aquisição de ativos financeiros, prioritariamente cotas de outros fundos de investimento imobiliário.

Fundo de fundo

Ouroinvest Fundo de Fundo, OUFF11, por exemplo, é um fundo de fundo que investe em outros fundos imobiliários. Observe na imagem abaixo a constituição da carteira do fundo, em Set 19.

Dinâmica de alocação da carteira do fundo

No mês de setembro 19, dando continuidade ao processo de alocação do fundo, a Administração investiu 19% do PL nos ativos VISC11, OUCY11 e XPLG11 no mercado primário.

Adquirindo novas cotas de ativos para o fundo

A Administração também adquiriu cotas dos ativos KNRI11, KNIP11, KNCR11, HGBS11 e HGLG11 no mercado secundário. Com o intuito de girar a carteira e diminuir as posições táticas, a Administração zerou o investimento em BBPO11, RBVA11 e SAAG11.

Reduzindo posições de ativos

Além disso, reduziu a posição no ativo VILG11. Essas operações resultaram em um ganho de capital líquido de aproximadamente R$ 0,12 por Cota.

Observe que a troca de ativos é constante na carteira do fundo, portanto o importante é conhecer a política de investimentos do fundo.

Dividend Yield do fundo

Um FII distribui, no geral, dividendos mensais. OUFF11, no mês de Setembro 19, a distribuição de dividendos foi de R$ 0,48 por cota, perfazendo um dividend yield de 0,50% (6,00% anualizado).

Características do OUFF11

Com taxa de administração de 0,35% a.a e taxa de performance de 30% do que exceder o Benchmark. No momento possui 1199 cotistas e patrimônio líquido de R$ 65.723.499,20.

guia de investimento em fundo imobiliario

Como aplicar em FIIs

É possível que você já seja um investidor de fundos imobiliários. No caso de não ser, acompanhe o que é preciso fazer para investir em FIIs.

1. Abra conta em uma corretora de valores

A única forma de negociar no fundo de investimento imobiliário é por meio do acesso à Bolsa de Valores e aos balcões regulamentados. Por isso, é essencial que você se cadastre em uma corretora de valores que será a via de acesso para ingressar nesse mercado.

2. Descubra os fundos imobiliários disponíveis para investir

Verifique na corretora quais os tipos de FIIs estão disponíveis para o investidor. Isso pode ser feito antes da escolha da corretora. Isso permitirá que você saiba de antemão quais serão as suas opções de investimento, e como poderá ganhar com isso.

3. Saiba como realizar a compra

Por último, a compra de cotas acontece por meio da plataforma de Home Broker, que é disponibilizada pela corretora que você contratou. Você “carrega” sua conta investimento com dinheiro e usa-o para investir através da Corretora.

Para a compra do FII, no Home Broker, inserir os dados da compra — como o código, a quantidade de cotas e o preço de cada uma delas — você estará pronto para efetuar seu primeiro negócio com Fundo de investimento imobiliário.

Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

É investidor de renda variável desde 2008 e autor no blog caminho para riqueza. Escreve sobre investimentos e tecnologia.

Comentários