fbpx

Obamagate: mais longe que Watergate

Trump recém tuitou sobre Obamagate tornando a palavra uma das hashtags mais faladas no twitter. Saiba mais sobre porque Trump comparou Obamagate com Watergate.

Sem meias palavras

Aqui no Brasil a maioria não tem idéia do que significa o termo Obamagate, visto que a impressa tá evitando este assunto. Este caso se refere a um inquérito aberto pelo FBI (Polícia Federal dos Estados Unidos) para espionar a campanha do então candidato republicano Donald Trump, em 2016.

Com base em um falso dossiê financiado pelo partido rival, que conectava Trump ao governo da Rússia.

Algum tempo depois o procurador-especial do caso inocentou Donald Trump das acusações. Neste momento, o Depto de Justiça dos EUA está investigando as origens do inquérito do FBI, o que pode atingir diretamente o ex-presidente Barack Obama e os Democratas.

Dia 10 de maio 2020 Trump tuitou o seguinte:

trump-tuite-obamagate-10mai2020

OBAMAGATE makes Watergate look small time!
(Donald Trump)

Obamagate faz Watergate parecer pequeno.

Watergate foi um escândalo político ocorrido nos EUA em 1974. Sua conclusão levou a renúncia do presidente Richard Nixon.

Crise Coronavírus retangular

Trump e a Rússia, será?

O ex-presidente Obama supostamente usou o FBI como arma política para a construção da narrativa segundo a qual houve um conluio entre Donald Trump e a Rússia.

A narrativa seria de que Trump conspirou com o governo russo para chegar à Casa Branca.

A história toda, de Trump em “conluio com a Russía”, rendeu umas 2 mil intimações, umas 500 testemunhas ouvidas, 19 advogados contratados, 40 agentes de segurança do FBI ouvidos e por volta de US$ 35 milhões gastos.

E a imprensa lucrou bastante com a história. O New York Times escreveu 1.156 matérias e o Washington Post publicou 1.184 reportagens.

Peter Lynch ebook selecao de acoes

Wikipedia e até o DuckGo não gostaram

Um segundo caso interessante e quase viral que surgiu essa semana foi o documentário de 26 min chamado Plandemic. Pelo nome é possível imaginar do que trata, e está sendo excluído de todas as redes sociais, e o Wikipedia classifica-o com alto grau de “teoria da conspiração”.

Será mesmo? Se é tão “teoria da conspiração” assim, porque esse medão todo? Temos ali apenas uma mulher falando, uma ex-pesquisadora da área da saúde que faz acusações a duas pessoas, principalmente.

Netflix

Me pergunto, se é tudo papinho de teoria da conspiração porque não deixar isso livre pra todo mundo ver? Assim como centenas de outros documentários do tipo “conspiração” e “ficção científica” que enchem a Netflix, aliás eu acho que devem colocar esse Plandemic no Netflix, porque é o que faria mais sentido nestes tempos de quarentena e coronavírus.

Agradeço ao meu amigo Robertinho Trader pela conversa que gerou a idéia para este post.

Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

Escreve sobre investimentos e tecnologia. É autor no site Caminho para Riqueza. Twitter: @EvertonCpR

Comentários