fbpx

O que é um fundo mútuo?

O fundo mútuo é um fundo composto por uma comunhão de recursos financeiros, de diferentes pessoas. Todo o montante do fundo é gerido por um gestor profissional, que buscará obter a melhor rentabilidade possível respeitando as regras de investimento do fundo.

Existem diversos tipos de fundos mútuos de investimento. Os mais populares são:

  • Fundos de renda fixa;
  • Fundos de ações;
  • Fundos multimercado.

Importante lembrar que nenhum fundo mútuo tem garantia do FGC, seria como se você transferisse, parte da sua confiança para o gestor do fundo.

Fundos de renda fixa

Nos fundos de renda fixa 80% as aplicações devem ser alocadas em ativos relacionados à variação da taxa de juros ou a um índice de inflação.

Neste caso o investidor irá adquirir cotas de um fundo mútuo que investe o dinheiro do cotistas em ativos financeiros como:

  • Certificado de Depósito Interbancário – CDB;
  • Letra de Crédito do Agronegócio;
  • Letra de Crédito Imobiliário – LCI;
  • Letra de Câmbio – LC;
  • Título Público do Governo Federal.

Fundos multimercado

A gestora de um fundo multimercado aplica o montante de dinheiro do fundo em diferentes tipos de ativos financeiros ao mesmo tempo. Dessa forma, é possível passar pelas oscilações do mercado financeiro sem ser prejudicado ou até mesmo se beneficiar com as constantes mudanças.

Os ativos podem ser desde ações, ETFs, small caps, títulos públicos, câmbio, debêntures e CDB.

Há vários tipos de fundos multimercado, alguns com menor risco e menor potencial de retorno, e outros com maiores riscos e elevado potencial de retorno. Em geral, fundos multimercado com elevado grau de alocação em opções são os mais arriscados.

Fundo de Ações

Um fundo mútuo de ações é um conjunto de recursos financeiros que pode ser administrado por:

  • Uma distribuidora de valores ou;
  • Banco de investimento ou;
  • Banco múltiplo ou;
  • Gestora de recursos.

No caso de fundo de ações, os recursos financeiros são aplicados em uma carteira diversificada de ações e os resultados são distribuídos aos cotistas, proporcionalmente ao número de cotas possuídas.

Como regra deve manter no mínimo 51% de seu patrimônio aplicado em ações de emissão de companhias abertas, também não pode concentrar mais de um terço de sua carteira em ações de uma mesma companhia, nem utilizar operações de derivativos, exceto para operações de proteção (ou hedge).

Porque investir em fundo mútuo

É comum uma assessoria de investimentos sugerir para seus clientes um ou mais fundos mútuos, principalmente quando o cliente vêm de “gerente de banco”. Isto faz sentido, principalmente depois de aprender a respeitar um princípio importante de Peter Lynch.

Apenas invista no que você conhecer e entende.
(Peter Lynch)

guia fundos de investimentos
Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

Escreve sobre investimentos e tecnologia. É autor no site Caminho para Riqueza. Twitter: @EvertonCpR

Comentários