fbpx

O que é um fundo de hedge?

A prática de hedge (ou proteção) é muito utilizada no mercado financeiro como forma de proteção para algum investimento arriscado (ou nem tanto assim) que você fez e portanto deseja se proteger caso o pior aconteça.

Hedge de Bolsa com Câmbio

Digamos que estou comprado em Bolsa e acredito que ela vai cair, posso então comprar dólar, porque acredito que o dólar irá subir quando a Bolsa cair. Podemos dizer que “comprado em Bolsa” significa uma alta alocação em qualquer ação do Ibovespa (33 ações mais negociadas). Nesta situação o investimento em câmbio (dólar) é um estratégia de hedge para o meu investimento em Bolsa.

Hedge com opções

De qualquer forma, um hedge mais adequado é feito através de futuros e opções. O mais simples é feito com opções, por exemplo:

Opções com PETR4

Um investidor tem 1000 ações de PETR4 que no momento atual, digamos, está 30 reais por ação. Através do investimento em opções o investidor pode comprar um opção de compra ou opção de venda de qualquer ação.

Se este investidor acredita que a ação irá cair então pode comprar 1000 opções de venda de ações PETR4 por, digamos, 1 real a unidade da opção de venda, totalizando 1000 reais em opções de venda de PETR4 a 30 reais cada.

Exercendo a opção para proteger o investimento

No caso do papel da ação realmente cair para 29 reais a unidade, o investidor exerce a sua opção vendendo as 1000 ações por 30 reais cada.

Resultado: PETR4 caiu e ele deveria ter perdido 1000 reais (papel caiu de 30 para 29 reais) e não perdeu porque fez hedge com opções.

Não ganhou mas também não perdeu

Neste caso o investidor exerceu sua opção de venda (gastou 1000 reais por estas opções, no caso 1 real por unidade) e deixou de perder os 1000 reais ao vender suas ações, pois PETR4 caiu de 30 para 29 reais. Sendo assim ele gastou 1000 reais e ganhou 1000 reais e, portanto, se protegeu da perda decorrente da baixa da Bolsa de Valores que afetou suas ações PETR4.

Agora imagine se esta ação cai para 28 reais, os danos seriam maiores se o investidor não tivesse uma estratégia de Hedge com opções.

Fundos de hedge

Seus objetivos principais, no geral, são reduzir a volatilidade e risco, preservar o principal e entregar resultados positivos em todas as condições que o mercado possa apresentar.

Características específicas

Cada fundo de hedge possui características únicas, que passam por uso de derivativos, arbitragem, alavancagem, operações em diversos mercados, futuros, etc. Como são menos regulados que os fundos mútuos, eles dão maior liberdade para o gestor implantar sua estratégia.

Taxas

Os fundos de hedge costumam cobrar uma taxa de administração de 2% e uma taxa de performance de 20% acima do que exceder o benchmark. Isto não é um regra, obviamente.

Estratégias mais comuns usadas pelos gestores de fundos de hedge

O fundos de hedge podem variar enormemente nas estratégias de proteção de investimentos que usam para ganhar dinheiro ou fazer o seu dinheiro render.

Algumas estratégias dos fundos de hedge são:

  • Mercado Neutro (Market Neutral)
  • Arbitragem em Renda Fixa (Fixed Income Arbitrage)
  • Hedge de Ações (Equity Hedge)
  • Arbitragem de Fusões (Merger Arbitrage)
  • Macroeconomia Global (Global Macro)
  • Crescimento Agressivo (Agressive Growth)
  • Renda (Income)

Diversidade de fundos de hedge

Como qualquer investidor pode perceber, os fundos de hedge são bem diferentes entre si. O grau de risco e volatilidade esperados variam enormemente de acordo com o tipo de hedge escolhido. Por isso é importante você saber como o fundo funciona antes de investir.

assessoria-de-investimentos-personalizada-gratuita

Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

É investidor de renda variável desde 2008 e autor no blog caminho para riqueza. Escreve sobre investimentos e tecnologia.

Comentários