Um dia você gostaria de se aposentar? E, você pode se perguntar: como criar a minha aposentadoria extra sem depender da Previdência Social? Afinal, se hoje o dinheiro do INSS, que é a previdência pública, já não é suficiente para os aposentados pagarem a suas contas, imagine daqui pra frente.

vamos planejar os seus sonhos

Renda extra para sua aposentadoria

Se isso parece desafiador, muito difícil ou quase impossível, eu vou te mostrar como garantir uma renda extra para sua aposentadoria.

Como?

Bom, é natural e é normal que durante a vida ativa, ou seja, quando a pessoa está trabalhando ela recebe uma renda maior que na aposentadoria. Por isso o padrão de vida definitivamente costuma não ser mantido, ou seja, deve ser abalado no seu futuro.

Atenção!

Neste artigo eu vou focar no perfil de investidor conservador/moderado.

O moderado/agressivo fica para uma outra oportunidade.

Você pode acessar alguns vídeos em nosso canal e também conteúdo aqui em no blog para saber mais sobre perfil de investidor.

Renda fixa para diversificação de investimentos

Um excelente possibilidade é utilizar-se da renda fixa através de investimentos diversificados. Note uma coisa, isso não quer dizer um fundo de previdência do tipo aberto, os chamados PGBL ou VGBL, nem mesmo um fundo de pensão.

Eu disse investimentos diversificados em renda fixa que são tão seguros quanto os fundos de previdência, de tal forma que você acumulará patrimônio que será utilizado para fins de aposentadoria. Então você pode optar por ativos de mais longo prazo, por que você não vai resgatar isso no curto prazo.

Investir hoje pensando na aposentadoria

É como se o dinheiro não fosse seu, você faz o investimento hoje pensando na sua aposentadoria. Isso vai dar muito mais retorno e serve tanto quanto um fundo de previdência privada.

Então, se você é um investidor de perfil conservador ou moderado lembre-se: utilize-se da renda fixa.

Tesouro IPCA+ guarde esse nome

Como estamos falando de um investimento para ser utilizado no longo prazo para a sua aposentadoria, um título que eu gosto muito é o tesouro IPCA+, porque?

Ele paga o IPCA, que é o índice de inflação oficial do país, mais um taxa pré-fixada definida no momento que você comprar esse título. Normalmente no longo prazo dificilmente um outro título de renda fixa supera o retorno destes papeis que pagam a inflação mais um taxa pré-fixada.

ebook tesouro direto e títulos públicos

Padrão de consumo e situação financeira atual

Mas, antes de mais nada é fundamental que você entenda o seu padrão de consumo e a sua situação financeira atual. Que eu quero dizer com isso?

Primeira coisa, qual o seu padrão de consumo atual? E o que você deseja para a sua aposentadoria?

Por exemplo, você quer manter o mesmo padrão de consumo?

Bom, quanto tempo você tem de hoje até a data quando você pretende se aposentar?

Quanto poupar mensalmente?

Quando você tem uma noção disso, então você consegue parar para fazer contas de quanto poupar mensalmente.

Afinal, não há milagre, se você quer manter o padrão de consumo então certamente terá que guardar uma parte relevante do seu patrimônio hoje para usufruir durante “sei lá quantos anos” que você estará aposentado.

Logo, não adianta você ter a intenção de poupar se você não puder poupar. No limite, faça as contas e chegue no meio termo, não dá para gastar tudo, mas não dá pra poupar tanto quanto eu gostaria. Pelo menos você terá uma noção de qual será o seu padrão na aposentadoria.

Quantos anos devo poupar?

O próximo passo é definir quantos meses você tem de poupança até a data onde você pretende se aposentar, e a partir da aposentadoria quantos meses de recebimento você estima que vai precisar.

Por exemplo, se você quer se aposentar com 60 anos e supondo que a sua longevidade vai ser até os 85 anos.

Bom, de 60 até 85 você precisará de 25 anos de recebimentos. Eu não sei a sua idade hoje, então conte de hoje até os 60 anos quantos meses você tem de poupança.

Aportes mensais, o segredo não contado da Bettina

Repare uma coisa, se você tem hoje 50 anos e vai aposentar aos 60 anos, você tem 10 anos de poupança. E, dos 60 aos 85, 25 anos para o consumo, logo, você vai precisar fazer aportes mensais muito mais robustos.

Agora, se você tem 40 anos e tem 20 anos para poupar e depois vai usufruir isso durante mais 25 anos, você precisa poupar menos que a metade de alguém que tenha 50 anos.

Porque esse dinheiro investido mais cedo vai rendendo juros sobre juros, e essa é a mágica. A mágica dos juros.

A matemática da aposentadoria faça você mesmo

Então, a conta é essa:

  • Quantos meses de poupança;
  • Quantos meses você vai usufruir essa poupança.

É preciso ainda estimar, no meio do caminho, qual o aporte você vai precisar.

Dica dos 600k para 2k/mês

A dica é que você vai precisar de aproximadamente 600k para 2k/mês, desejados na aposentadoria. Esse número pode ser uma referência um razoável para este ano, 2019.

NTNB 2050 e CDB a 90% do CDI

Finalmente vou fazer uma comparação utilizando parâmetros atuais, lembrando o ano que estamos, e vou utilizar nesta simulação a NTNB 2050, com a taxa atual de 4,34%. Vou compara-la com uma aplicação em CDB a 90% do CDI.

De 2019 a 2050, são 31 anos de horizonte de investimento.

Aportes mensais de 500 reais

Supondo que você comece com 10.000 reais e consiga fazer aportes mensais de 500 reais, o que isso vai virar lá no vencimento?

Ou seja, em 2050, daqui 31 anos.

Através do tesouro IPCA+ 2050 esse patrimônio de 10 mil reais com aportes de 500 reais transformariam-se em 722k.

Enquanto se você aplicasse os mesmos 10 mil reais e fizesse os mesmos aportes de 500 reais, mensalmente em um CDB pagando 90% do CDI, você conseguiria acumular 660K.

Cuidando minha aposentadoria extra

Por isso, a gente fala que no longo prazo poucos títulos vão render tão bem quanto os títulos do tesouro pagando a inflação mais uma taxa pré-fixada.

Por isso essa é uma excelente opção para a sua poupança extra, a sua aposentadoria extra.

Não cruze os braços e fique esperando que o governo faça a lição de casa até você se aposentar. Inicie o seu planejamento a partir de agora.

Seja informado a cada novo post!

Assine e receba novos posts diretamente em seu email

Sobre o autor

Daniel Guedine

Daniel Guedine é empreendedor, autor e co-fundador do Caminho para Riqueza, clique para ler mais...