fbpx

O mercado de ações não é de alto risco e sim de oportunidades [Luiz Barsi]

Segundo o investidor Luiz Barsi, o mercado de ações na bolsa brasileira é um mercado de oportunidades e não um mercado de alto risco, como muitos querem que o pequeno investidor acredite.

Achar que investir em ações é alto risco é uma fantasia…
(Luiz Barsi)

A crença de que o mercado de ações é de alto risco exorciza a possibilidade do indivíduo se associar a uma empresa, através da compra de sua ação.

Para Barsi comprar ações é acreditar em projetos que a empresa desenvolve. Estes projetos podem dura 5, 10, 20 anos, e o investidor segue junto com a empresa, comprando suas ações.

Pensamento de longo prazo

Obviamente uma estratégia fundamentalista sedimenta a ideia de um mercado de ações que, de certa forma, pode ser considerado seguro. Empresas centenárias e com enorme estabilidade financeira, como várias que são encontradas na bolsa de valores, não podem ser consideradas empresas de alto risco para investir.

Desde que, claro, o investidor invista na empresa no longo prazo assim como um dono, um sócio investiria. Um pensamento de investimento como o de um trader ou swing trader é completamente oposto a uma filosofia de investimento de value investing e portanto será sempre considerado um investimento de alto risco.

caminho para riqueza no telegram

Momentos de pessimismo e otimismo

De certa forma o investidor experiente está sempre aguardando uma nova crise econômica, com dinheiro no bolso. Assim, ele pode aumentar a sua carteira de investimentos comprando a preço baixo. John Templeton é muito enfático neste sentido, dizendo para comprar em momentos de pessimismo do mercado e vender em momentos de otimismo do mercado.

A emoção fala mais alto

Aplicar esta orientação de Templeton não é tão simples. É necessário muita experiência, no geral, para que seja concretizada. No meio de uma crise o investidor com poucos anos de mercado só consegue ver o patrimônio dele caindo e indo para o ralo.

As emoções de medo, ansiedade podem tomar conta e as decisões tomadas neste estado emocional não serão as melhores.

Guia para não perder dinheiro

Em nosso guia anti crise trouxemos a sabedoria de investidores como Benjamin Graham e John Templeton para lidar de forma mais serena com uma crise econômica.

São rápido entendimentos que por sua simplicidade podem muito bem passar batidos e ignorados. Porém, quando estamos no rolo compressor da crise e, de certa forma, mais abalados emocionalmente pelos fatos, a nossa tendência é desenvolver um olhar e uma receptividade mais aberta a novas idéias. Aproveite e descubra!

guia anti-crise

Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

Escreve sobre investimentos e tecnologia. É autor no site Caminho para Riqueza. Twitter: @EvertonCpR

Comentários