Como escolher as melhores opções de investimento?

Melhores Investimentos: Como Escolher as Melhores Opções do Mercado

Com certeza, você já ouviu falar de diversos tipos de aplicações, não é mesmo? Dentre tantas modalidades, como escolher as melhores opções de investimento? Essa escolha deve levar em consideração diferentes fatores, como o risco que você está disposto a correr e seus objetivos.


 

Se você contrata um encanador para cuidar de seu encanamento, mecânico pra cuidar do seu carro, 

agende um bate papo com um profissional de investimentos para cuidar dos seus sonhos.

sonhos-objetivos-amor-paz-prazer-sucesso-sonho


Para ajudar nessa busca, reunimos os melhores investimentos que estão disponíveis no mercado financeiro. Confira:

Tesouro Direto ou Títulos Públicos do Tesouro Nacional

Quando falamos em melhores opções de investimento, o primeiro que vem à cabeça é o Tesouro Direto. Essa aplicação é disponibilizada pelo programa Tesouro Nacional do governo, ou seja, é um título público.

Emprestando dinheiro para o Governo

Genericamente, quando você aplica seu dinheiro no Tesouro, está emprestando dinheiro para o governo e, em troca, recebe juros por isso. Essa modalidade de investimento tem se tornado um dos queridinhos em renda fixa.

Os recursos captados por meio dos investidores são usados para financiar as atividades do governo federal, como projetos de infraestrutura, saúde e educação, além do pagamento de dívidas públicas.

Vantagens do Tesouro Direto

Dentre as principais vantagens estão o baixo custo e a acessibilidade, pois com apenas R$ 30 é possível começar a investir em títulos públicos. A rentabilidade é boa, já que a sua remuneração é baseada em quase 100% da taxa CDI. No mais, a liquidez diária permite que você possa solicitar o seu resgate a qualquer momento.

Os títulos do Tesouro Direto são divididos em três grupos:

  • Tesouro IPCA: seu rendimento é conforme a variação de uma taxa prefixada em conjunto com a inflação;
  • Tesouro Selic: seu rendimento será conforme a variação apresentada pela taxa Selic;
  • Tesouro prefixado: você saberá o valor exato do seu rendimento na data estipulada para vencimento.

Como investir em Tesouro Direto

Para começar a investir, basta que você abra uma conta em uma corretora de valores e escolha os seus títulos no site do Tesouro Direto de acordo com os seus objetivos. No entanto, tome cuidado para não fazer o resgate do seu rendimento antes da data de vencimento do título, pois poderá perder dinheiro.

Webinar Como investir com isenção fiscal em títulos de crédito privado

Fundos de investimento

Os fundos de investimento têm conquistado cada vez mais interessados por sua possibilidade de diversificação da carteira de investimentos. É possível ter acesso a diferentes e diversos ativos em um único portfólio.

Afinal, o que são esses fundos? São instituições que têm diversos investidores que aplicam seus recursos em ativos que podem ser mobiliários, imobiliários ou até mesmo de outros fundos.

Ao investir em FI, você adquire cotas. Após isso, o gestor direciona a sua aplicação para as modalidades que atuam naquele fundo e faz a divisão do rendimento.

Por que está entre as melhores opções de investimento? Pela diversificação, facilidade, gestão profissional que aumenta as chances de boa rentabilidade, boa liquidez e baixo custo (existem aplicações mínimas de R$ 50).

Para começar a investir, é preciso ter conta em uma corretora, fazer a transferência do valor desejado para adquirir as suas cotas, acessar sua plataforma disponibilizada pela corretora para escolher o fundo de investimento e clicar em comprar. Pronto!

Guia para escolher o melhor fundo de investimento e construir riqueza

Bolsa de valores

A famosa bolsa de valores também está entre as melhores opções de investimento. Você pode garantir ótimos resultados com a ajuda de um assessor de investimentos. As suas aplicações na bolsa funcionam por meio da compra e venda de ações que são pequenas porcentagens de uma companhia.

Quando uma empresa se declara aberta, o patrimônio dela é dividido em cotas que são disponibilizadas para os investidores interessados. Com isso, se tornam donos da empresa e detêm uma parcela dela.

Quanto mais cotas você tiver, maior será a sua porcentagem sobre ela. A longo prazo, os investimentos em ações se tornam fortemente vantajosos. Como é uma aplicação de renda variável, você consegue vender as suas ações, no máximo, em dois dias.

Para começar a investir, também é preciso ter conta em uma corretora, mas você tem quatro opções para efetuar a compra. São elas:

Compra direta

Você escolhe um fundo e passa a ordem de compra para a corretora.

Fundos de Índice (ETF)

Pelos fundos de índice, você adquire cotas na B3 (antiga Bovespa) e obtém retorno com o desempenho dos índices. Alguns ETFs têm investimento mínimo de R$ 200.

Clube de investimento

Grupos que têm o mesmo objetivo e cujas perdas e ganhos são divididos.

Fundos de investimento em ações

Você adquire cotas de um fundo que é administrado pela corretora ou banco.

Títulos de crédito privado

São títulos emitidos por empresas privadas ou bancos para a captação de recursos. Eles podem ser, por exemplo, debêntures, CRIs e CRAs. Os títulos de crédito privado são de renda fixa e estão entre as melhores opções de investimento por apresentarem rendimento bem atrativo.

Boa parte desses títulos tem isenção fiscal, contando com garantias próprias muito sólidas. Para começar a sua busca pela prosperidade financeira por meio dos títulos de crédito privado, você também precisa ter uma conta em uma corretora de valores.

ebook isenção fiscal titulos de credito privado

Certificado de operações estruturadas

O COE apresenta um conjunto de produtos de renda fixa e variável que permite bons rendimentos sem necessidade de correr muitos riscos. Parte da sua aplicação será direcionada para a renda fixa e outra parte para renda variável.

O COE é emitido por bancos, mas não apresenta cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). No entanto, é possível adquiri-lo diretamente no banco ou por intermédio de uma corretora. É uma ótima maneira de alavancar e aumentar o seu patrimônio, porém requer atenção com a falta de liquidez.

Fundos imobiliários

É um meio de aplicações no setor imobiliário em que você obtém lucro com as atividades desse setor, que podem ser venda, arrendamento e aluguel, por exemplo. Os fundos imobiliários são compostos de vários investidores denominados cotistas, pois quando você aplica o seu dinheiro nessa modalidade adquire cotas.

Isenção imposto de renda

Dentre as vantagens podemos destacar duas. A primeira é a possibilidade da isenção do imposto de renda para pessoas físicas. A segunda é a facilidade. Quando você adquire um imóvel, é preciso arcar com questões administrativas e impostos como IPTU.

Adquire-se uma cota

No entanto, ao investir em fundos de investimento, você adquire uma cota e não o imóvel em si. Vale ressaltar que você não tem direitos sobre o imóvel nem responsabilidade por questões legais e contratuais.

Para começar a investir, basta ter uma conta em uma corretora para ter acesso ao seu home broker, escolher o fundo e enviar a ordem de compra para que a operação seja realizada.

Auxílio de um assessor de investimentos

Existem inúmeras modalidades de aplicações disponíveis no mercado, mas para escolher as melhores opções de investimento é muito importante contar com o auxílio de um assessor de investimentos. Ele poderá indicar as melhores escolhas de acordo com as suas características.

O que achou destas opções de investimento? Se ficou interessado em ter a ajuda de um profissional para garantir sucesso nas suas aplicações, entre em contato com um profissional de investimentos .

Caminho para Riqueza

Por Caminho para Riqueza

Caminho para Riqueza é um blog de educação focado em investimentos financeiros.

Comentários