fbpx

Small Caps na Bolsa de Valores, em Fundos de Ações e Como Diversificar

O investimento em small caps é repleto de possibilidades, tendo em vista o número de empresas. Para o investidor de bolsa, fugir das ações blue chips e ações mais visadas, as small caps podem ser o caminho para altos rendimentos.

Small caps na Bolsa de Valores

Investir em small caps é uma opção de investimento em ações na bolsa de valores. Trata-se de papéis de ações de empresas menores, listadas na Bolsa.

Trata-se de uma modalidade diferente das conhecidas por quem está acostumado com o day trade (análise técnica) e com ações de empresas já consolidadas. É uma maneira diversificada de investir e, obviamente, lucrar dentro do mercado. 

Small caps por meio de fundo de ações

O investimento em small caps pode ser feito por meio de fundo de ações que investem apenas em ações de empresas com menor expressão no mercado.

Índice Small Cap

Também pode ser feito no fundo de índice que espelha Índice Small Cap, que é conhecido como iShares BM&FBOVESPA Small Cap Fundo de Índice (SMAL11). Ele é negociado na própria bolsa de valores brasileira. 

Diversidade para o portifolio

As small caps também são uma ótima opção para o investidor que deseja trazer uma diversidade maior para o portfólio, visto que ela pode expandir ainda mais suas chances de lucrar dentro do mercado de ações.

Além disso, por se tratar de um ativo que o papel tem um custo menor quando comparado com as grandes empresas, é possível começar a investir em small caps com uma quantia menor de dinheiro no começo. 

Antes de começar a investir

No entanto, antes de começar a investir nas small caps, é importante e indicado para o investidor conhecer tudo o que existe de informação sobre essa categoria de investimento. Afinal, ninguém quer sair no prejuízo. 

Conhecendo todas as vantagens e desvantagens dessa categoria, é possível identificar se este é o tipo de investimento perfeito para suas necessidades. 

Para começar, o que são small caps?

Small cap é um termo em inglês que se refere à empresas consideradas menores em relação aos grandes gigantes da bolsa de valores, como a (PETR4) e Vale (VALE3), que são conhecidas como blue chips ou large caps.

As small caps também são conhecidas no mercado como papéis de segunda terceira linha. 

Menor volume de negociação

Mas não deixe se enganar pelos termos. O investimento em small caps é um negócio que atrai cada vez mais investidores por suas vantagens em comparação com as gigantes do meio. 

Estão incluídas neste grupo as empresas que geralmente possuem um valor de mercado entre 300 milhões a 2 bilhões de reais. No entanto, não existe um número correto de capitalização de mercado ou volume de negociações diárias que definem o que é uma small cap.

Não faz parte do Índice Bovespa (Ibovespa)

Outro fator que categoriza as small caps é a liquidez que a empresa em questão possui no mercado. Ou seja, um valor menor negociado por dia. Elas também não fazem parte do grupo seleto do Ibovespa.

Alguns exemplos de empresas que se encaixam como small caps são Movida – (MOVI3), Lojas Marisa (AMAR3) e Usiminas (USIM5).

Avalie cada empresa

Uma dica importante para o investidor antes de iniciar nessa categoria é avaliar a competência da small cap de interesse em gerar lucros estáveis. Além disso, é essencial checar o crescimento da empresa ao longo do tempo. Dessa maneira, fica mais fácil identificar qual é o melhor negócio na hora de iniciar o investimento. 

Índice Small Cap

Para acompanhar de forma fácil e rápida o desempenho das small caps no mercado nacional, basta acessar o Índice Small Cap (SMLL), no site da Bovespa ou na ADVFN. Nele, é possível saber quais são as empresas com menor valor de capitalização da B3. 

O que é o Índice Small Cap ou SMLL

O principal índice da bolsa de valores brasileira é o IBOV. Ele representa uma carteira de ações mais negociadas na bolsa e serve como uma espécie de termômetro do mercado. 

Outros índices na bolsa

No entanto, ele não é único índice da bolsa. Muito pelo contrário, existem muitos outros, como é o caso do Índice Small Caps ou índice SMLL, que foi criado em 2005. Com ele, é possível fazer um acompanhamento mais criterioso de como as ações dessas empresas estão desempenhando na Bolsa de Valores.

Evolução na cotação das ações

Com o índice, também é possível comparar a evolução na cotação das ações de menores capitalizações com segmentos diferentes do mercado. 

Desempenho médio das ações

Da mesma forma que o IBOV, o SMLL é composto pelas ações das small caps da B3. Ele funciona como uma espécie de indicador que mostra o desempenho médio dessas ações. 

Empresas que estão em recuperação judicial ou extrajudicial não fazem parte do Índice SMLL. 

Por que investir em uma small cap? 

Considerando que uma grande parte dos investidores tende a concentrar o capital em grandes nomes do mercado, as small caps surgem como uma alternativa para quem deseja um retorno mais rápido, não garantido obviamente, pois estamos falando de ações.

Encontrar uma small cap começando

Isso se explica por que, geralmente as empresas consideradas como small caps estão começando sua jornada no mercado, o que entrega para o investidor a possibilidade de crescer lado a lado. 

Existem diversos casos dentro da própria bolsa de valores de empresas que começaram como small caps e hoje estrelam o grupo seleto do Ibovespa como empresas muito valiosas.

Empresas que estão iniciando no mercado podem trazer um crescimento rápido e um bom retorno financeiro para seus acionistas. Logo, abre espaço para o investidor faturar rapidamente com o investimento em small caps. 

Falta de liquidez do papel

Essa modalidade de investimento é indicada para quem está disposto a lidar com a falta de liquidez que o papel carrega, devido à dificuldade que pode surgir no que se refere a achar um comprador para o papel. 

Paciência ao investir

O ideal para o investimento em small caps é ter paciência para acompanhar o crescimento da empresa em questão, visto que no mercado de ações quanto mais um papel é procurado, maior o valor agregado à ele. E no caso das small caps, isso pode levar algum tempo. 

Por outro lado, ao passo em que a empresa se valoriza dentro do mercado de ações, o preço do papel pode alcançar uma alta considerável e render de forma considerável para o investidor. 

Pouca dependência mercado internacional

Outro ponto interessante sobre o investimento em small caps é que, no geral, as empresas não estão tão sujeitas ao mercado internacional. Isso significa que, em caso de alguma crise em países que influenciam diretamente as negociações dentro do mercado de ações, como Estados Unidos e China, a empresa em questão não irá sofrer com muitas baixas.

Inovação

Além disso, existem diversas small caps que estão no ramo da inovação, ou seja, trazem algo de novo para o mercado. Isso abre as portas para a empresa conquistar fusões ou aquisições de concorrentes, o que irá impactar diretamente o valor do papel no mercado.

Riscos do investimento em small caps

Assim como todo tipo de investimento, as small caps também possuem algumas desvantagens que podem trazer danos para a vida financeira do investidor. Portanto, é imprescindível conhecê-las previamente antes de tomar qualquer tipo de decisão – principalmente se você ainda for iniciante no mercado de ações.

Risco do tamanho da empresa

Algo para se ter em mente é que o tamanho da empresa não garante que ela seja mais arriscada ou não. Qualquer ação está sujeita à riscos para o investidor, mas estar preparado para eles é algo de extrema importância.

Baixa liquidez do papel

Quando falamos de empresas que são consideradas menores no mercado, existem algumas desvantagens na comparação com as maiores. Exemplo disso é a baixa liquidez do papel, o que pode ser algo negativo dependendo do perfil do investidor. 

Por se tratar de uma empresa de porte pequeno, não é sempre que compradores estarão rapidamente interessados na ação. Isso pode colocar o investidor em uma posição de desvalorizar o papel adquirido ou até não conseguir vendê-lo rapidamente. Dependendo do tipo de resultado que você almeja, isso pode se tornar um empecilho dos grandes. 

Volume negociado por dia

Para evitar esse problema, é indicado conhecer o volume diário de negociações das ações da small cap antes de realizar um investimento. 

Histórico da empresa

Algo que pode atrapalhar a vida do investidor interessado em small caps é a dificuldade de analisar o histórico da empresa. Muitas vezes essas empresas estão na bolsa de valores há pouco tempo, o que impossibilita conhecer os padrões de comportamento das ações. Dessa forma, fica mais difícil obter dados corretos e assertivos, visto que a análise é algo importante na vida do investidor.

Análise do perfil da empresas na bolsa

Assim como a empresa categorizada como small cap pode ter um potencial de crescimento gigantesco dentro do mercado de ações, existe a possibilidade dela não amadurecer e ficar estagnada durante anos. Essa incerteza, causada por ausência de dados e solidez da empresa, pode gerar certa insegurança para quem está interessado no investimento.

Precificação

A precificação imprecisa também é algo que pode se tornar perigoso nessa modalidade de investimento. Como as empresas ainda estão com as operações pouco estabelecidas, é complicado atribuir um preço correto para o valor delas.

Analistas que cobrem a empresa na bolsa

Outra dica importante para o investidor que deseja começar no mercado de small caps é procurar por analistas que fazem uma cobertura das empresas de seu interesse. Diferente das grandes ações do mercado, as small caps podem sofrer com falta de pessoal especializado para fornecer análises aos investidores, como é o caso das carteiras recomendadas.

Acompanhe o segmento

acompanhe sua small cap

É importante acompanhar os relatórios nos sites da própria empresa e estar atento nos fatores de risco em relação à ela. Por exemplo, se for uma empresa do ramo de alimentos, acompanhe as notícias sobre este segmento do mercado e esteja alerta com possíveis impactos que a empresa pode sofrer – sejam eles positivos ou negativos. 

Estude o mercado de ações

Estudar o mercado com profissionais da área é algo que garante para o investidor uma segurança maior na hora de atuar no mercado de ações. Isso pode fazer uma diferença enorme no seu desempenho como investidor. Portanto, é algo que você deve incluir na sua rotina de investimentos.

Papéis ruins

Talvez uma das dicas mais importantes em relação às small caps é fugir dos famosos micos – empresas que não estão indo muito bem ou até estão em recuperação judicial.

Fique atento

Desconfie de empresas que o papel tem um valor muito baixo ou que sofreram com uma perda de valorização muito grande nos últimos meses.

É claro que essas empresas podem se recuperar em algum momento, mas é importante saber qual a verdadeira situação dela antes de apostar seu dinheiro nesse investimento

aprenda-a-investir-na-bolsa-de-valores

Dicas para identificar as melhores small caps antes de investir 

Bem como qualquer outra categoria de investimento, optar por small caps no mercado de ações exige do investidor uma boa dose de estudo e dedicação.

Converse com especialistas mas não precisa acreditar neles

converse com um assessor sobre small caps

Afinal, muitos fatores internos e externos, como a economia do país ou escândalos envolvendo o setor da empresa de seu interesse, podem afetar diretamente como o papel irá valorizar ou desvalorizar. Portanto, é importante adquirir conhecimento nas notícias diárias e, principalmente, de especialistas do mercado

Como funciona o negócio da empresa

Como já citado anteriormente, as small caps possuem diversas vantagens mas também apresentam alguns fatores de risco para o investidor, o que fortalece ainda mais o alerta para ficar atento em como o negócio funciona. 

Por se tratar de um segmento que nem sempre está nas grandes manchetes, como é o caso de empresas gigantes como a Petrobras e Vale, procure por fontes de informações que forneçam dados sobre a small cap que você está interessado. 

De olho no índice SMLL da B3

Um dos termômetros mais importantes para avaliar o desempenho das small caps é o próprio índice SMLL da B3, carteira com os principais ativos do segmento. 

Exemplo de como o índice SMLL pode ser um forte aliado para realizar bons investimentos em small caps é que, no primeiro semestre deste ano (2019), ele cresceu 19,26% contra um crescimento de 15% do Ibov, o que já foi considerado bom.

Small caps em diversos setores

No entanto, existem diversas opções de small caps no mercado, desde empresas com foco em tecnologia como a Totvs até as empresas do ramo de varejo, como é o caso da Lojas Marisa e Hering. Como identificar qual segmento é mais atrativo para começar a investir?

Observe se paga dividendos

É importante estar atento às tendências do segmento de mercado em que a small cap está inserida. Acompanhar como a empresa se apresenta para o público, se ela é uma boa pagadora de dividendos e quais são os riscos que a economia nacional apresenta para ela.

Relatórios

As próprias small caps possuem informativos e relatórios periódicos sobre seus rendimentos. Isso pode ser um indicador forte para o investidor decidir se vale a pena investir ou não. 

Invista tempo

É natural que no meio das gigantes da bolsa de valores, as empresas menores fiquem um pouco esquecidas. Logo, existe espaço para o investidor acreditar e procurar por esses ativos, na esperança de uma melhora e crescimento com o passar do tempo.

Observe as dívidas

Outro fator importante para decidir em qual empresa small cap apostar é avaliar como ela lida com dívidas. Por se tratarem de empresas menores, elas eventualmente possuem planos para expandir os negócios – o que pode se tornar um verdadeiro tiro no pé.

Com essa manobra, a small cap pode ficar mais vulnerável às oscilações econômicas e gerar muitas dúvidas em relação ao desempenho no futuro da empresa. 

Aposta no segmento

É importante que o investidor tenha esses fatores em mente antes de escolher um segmento ou small cap para investir. No curto prazo, o negócio pode não ser satisfatório, mas se a aposta for boa, pode trazer bons resultados financeiros no futuro.

Notícias do setor

Acompanhar as notícias relacionadas às mudanças econômicas do país também é indicado, considerando que grandes mudanças podem impactar tanto de forma positiva como negativa as small caps.

Em um cenário em que a economia vai bem, é possível que a empresa de porte pequeno tenha um bom desempenho e cresça, gerando uma valorização maior para o papel, o que significa lucro para o investidor.

Observe seus objetivos de investimento

observe seus objetivos de investimentos

Além disso, também é importante identificar quais são suas necessidades e vontades no momento. Como dito anteriormente, não é sempre que o investimento em small caps trará um ótimo resultado de forma imediata.

Perfil de investidor

Em boa parte das vezes, é necessário paciência para reconhecer a hora de vender o papel – que pode demorar um tempo para valorizar de forma expressiva. A ausência de liquidez das small caps pode ser algo positivo, dependendo do seu perfil de investidor. Mas é de extrema importância e totalmente indicado avaliar a situação antes de tomar uma decisão.

Sua corretora de valores

Caso ainda tenha alguma dúvida, além de acompanhar o índice SMLL, acompanhe o que a sua corretora tem a dizer sobre o investimento em small caps. No geral, as grandes corretoras possuem uma equipe especializada no segmento que dá dicas periódicas – mensais, semanais e até anuais – de como investir.

Carteiras recomendadas

Essas dicas são conhecidas como carteiras recomendadas, que são produzidas por especialistas no ramo e levam em consideração diversos fatores internos e externos para listar empresas que valem a pena investir no mês, semana ou ano. 

Relatórios dos analistas

relatório de investimentos em small caps

A carteira recomendada geralmente vem acompanhada com relatórios detalhados, onde os analistas especializados no assunto apresentam razões pelos quais eles estão indicado determinado ativo para aquele momento.

É possível usá-la como um aliado na hora de decidir quando é a hora de comprar ou vender um papel. O objetivo é informar quais serão as empresas, sejam elas small caps ou até mesmo as gigantes da bolsa, devem performar melhor dentro do prazo determinado.

Dicas dos especialistas

A carteira recomendada também leva em consideração condições políticas e econômicas do país. É uma maneira de se obter uma ajuda extra, feita por especialistas, antes de dar o próximo passo. Não deixe de entrar em contato com a sua corretora para receber as dicas dos especialistas. Assim, seus negócios podem se tornar ainda mais sólidos e eficientes.

Prepare-se para vários cenários

De uma maneira geral, a melhor forma de garantir um bom resultado na hora de investir no mercado de ações é estar preparado para todo tipo de cenário. Estudar com especialistas, acompanhar as tendências dos segmentos da empresa que você investe, analisar as carteiras recomendadas e dicas de sua corretora e sempre estar atento nas notícias sobre o mercado de ações são enriquecedores para o investidor. 

Proteger seu patrimônio

Saiba como proteger os seus investimentos

E isso não vale somente para investimento em small caps. Estar bem informado é útil para todo e qualquer tipo de investimento dentro do mercado de ações. Para proteger seu patrimônio e ter um bom resultado financeiro é importante conhecer onde você está pisando antes de começar a caminhar de fato. 

Como começar a investir em small caps 

Agora que você já sabe o que são as small caps e todas as informações necessárias para começar a investir ou incluí-las na sua carteira de investimento, é importante e necessário conhecer os passos para iniciar nessa jornada e começar a ganhar dinheiro!

Uma boa corretora de valores

Antes de qualquer coisa, é essencial escolher uma boa corretora. Atualmente, existem diversas opções de empresas no mercado com diversas vantagens. Como a corretora desempenha o papel de levar você até os investimentos na bolsa de valores, é importante escolher uma empresa de confiança. 

Pesquise as corretoras

Faça uma pesquisa sobre quais são as corretoras disponíveis no mercado e escolha aquela que irá te ajudar de forma prática e segura na hora de investir.

Abra sua conta de investimento

Depois de escolher a corretora, abra sua conta – este procedimento pode ser feito diretamente no site de algumas empresas. Conte com a ajuda dos funcionários caso tenha alguma dúvida neste passo.

Para começar efetivamente, é preciso realizar uma transferência de valores para a sua corretora e assim, começar a investir.

Escolha as empresas small caps de seu interesse e avalia quais estão mais interessantes para o seu perfil. Lembre-se que você pode contar com a ajuda de um assessor de investimento, inclusive na avaliação de ações small caps para investir, porém na hora de investir a decisão é sempre sua.

assessoria-de-investimentos-private-personalizada

Boa sorte e bons investimentos!

Caminho para Riqueza

Por Caminho para Riqueza

Caminho para Riqueza é um blog de educação focado em investimentos financeiros.

Comentários