Olá investidor, tudo bem com você? Aqui quem fala é o Daniel Guedine e a primeira coisa que você vai fazer é dar um like nesse vídeo, para você ficar mais próximo da riqueza.

Se você não gostar do vídeo depois você volta e tira o like, é tão simples…

Combinado? Nesse vídeo falarei sobre os três erros mais comuns cometidos por investidores iniciantes. Os iniciantes ou inexperientes, ou seja, mesmo que você aplique a um bom tempo, mas não tem o conhecimento necessário para acompanhar os seus investimentos, certamente servirá para você.

Bom! Siga essas dicas. Claro, se você não quiser perder dinheiro ou mesmo deixar de ganhar. Tá certo? Ah, o terceiro é o mais clássico.

Vamo lá…

O Primeiro Erro e o mais comum de todos é não conhecer o seu perfil de investidor, ou seja, não ter um real propósito para as suas aplicações financeiras. Tem gente que vai investir e acha que vai ganhar rios de dinheiro, outros acham que vão perder todo o seu dinheiro.

E não é por aí. Então você quer ir mais devagar e sempre, ganhando de pouquinho em pouquinho, um estilo mais conservador ou arriscar mais para ter ganhos expressivos? Não tem certo ou errado.

Cada pessoa tem o seu perfil de investidor. Então você tem que se conhecer como investidor antes de escolher o ativo financeiro para aplicar o seu dinheiro.

O mercado financeiro é muito grande, existem ativos de muito baixo risco, super conservadores, mas com rentabilidade também muito pequena, enquanto outros ativos têm risco muito alto mas ganhos expressivos quando dá certo.

Então, você já sabe que tipo de investidor você é? Claro! Existe a modalidade moderada, ou seja, nem tão conservadora nem tão agressiva. Normalmente o mercado financeiro oferece soluções para todos os tipos de investidores.

Bom, para você começar a investir agora eu vou deixar um link aqui para você testar o seu perfil de investidor e você vai começar a investir não porque eu tô falando mas porque você sabe que você precisa.

O Segundo Erro muito comum é não avaliar o risco de crédito adequadamente. O que é o risco de crédito? Por exemplo, quando você adquire um ativo financeiro, ele é sempre emitido por uma instituição e essa instituição ela te promete devolver o valor investido. Que é o principal mais um juros devidamente acordado, com a probabilidade de a instituição não honrar o compromisso ou honrar de maneira parcial, não seguindo exatamente o cronograma e o montante de juros prometido.

Por exemplo, imagina você emprestar 5 mil reais para o seu irmão gêmeo… Enfim o risco de ele lhe devolver esse dinheiro, ou não, vai depender da credibilidade que ele já tem, historicamente, com você. Correto?

Então pense nisso todas as vezes que você investe em um ativo financeiro, existe a chance daquele credor, é o emissor, não honrar o compromisso. Essa é a avaliação de risco de crédito.

Caso você queira entender um pouco mais sobre o assunto eu prometo que preparei um artigo para falar exclusivamente do risco de crédito.

Finalmente o Terceiro Erro, o melhor deles, é não levar em conta o imposto, as taxas e principalmente a inflação embutida nos investimentos financeiros. Por exemplo, imagine que você invista 100 mil reais com objetivo pré determinado ou de trocar o carro, ou comprar um novo carro, ou quitar uma dívida de apartamento, qualquer coisa…

E você faz uma aplicação esperando o retorno de 12% ao ano, utilizando 100 mil, para fazer contas simples. Então no final do ano você espera receber o que você tem investido (você aplicou) mais R$ 12.000 de juros: R$112 mil.

Quando você faz o resgate você vai pagar: imposto de renda, que já vai comer boa parte desse ganho. E, a inflação, ela deve ser quase que a metade desse ganho. Então você não vai conseguir atingir seu objetivo se você não colocar na ponta do lápis antes, qual o peso dos impostos e qual o custo da inflação durante o período aplicado.

Mas não se preocupe porque nesse ponto você pode contar com assessor de investimentos pra te ajudar a fazer as contas direitinho e aí sim você certamente atingirá o seu objetivo.

E então? Gostou das dicas de hoje? Aproveite para compartilhar, fazer seus comentários, divida esse vídeo com amigos, parentes, colegas, e claro, deixe lá o seu jóinha, isso é muito importante pra gente.

E, lembre, o caminho para riqueza é você quem faz.

Até o próximo passo para sua prosperidade.

Veja o vídeo!

  • Erros de Investimentos
  • Perfil de Investidor
  • Risco de crédito
  • Imposto e taxas
  • Como investir melhor
  • Investidor Inteligente
  • Investimentos Inteligentes
  • Ganhar dinheiro
  • Não perder dinheiro

SAIBA O SEU PERFIL DE INVESTIDOR

#IrmaosGuedine

Seja informado a cada novo post!

Assine e receba novos posts diretamente em seu email

Sobre o autor

Caminho para Riqueza

Caminho para Riqueza é um blog de educação focado em investimentos financeiros.