fbpx

Como o investidor deve cuidar da sua carteira de investimentos

O portfólio ou carteira de investimentos, são as aplicações em investimentos financeiros de um investidor, geralmente quem cuida é o próprio investidor ou em alguns casos o assessor de investimento. O dinheiro desta carteira costuma ser distribuído em uma proporção para renda fixa e outra para renda variável.

Carteira conectada aos objetivos

Sua carteira de investimentos precisa ter um bom motivo para existir. Geralmente este objetivo é, aparentemente, algo grande. Por exemplo:

  • Viver de renda após os 40 anos;
  • Comprar um imóvel próprio;
  • Tornar-se milionário;
  • Criar meu próprio negócio.

É importante sempre lembrar deste objetivo. No meu caso eu comecei por começar e depois fui pensar nisso. Se for o seu caso, comece, é melhor que ficar parado lendo conteúdo de educação financeira na internet.

Mudança de objetivo

Outra coisa que acontece é o investidor começar com um objetivo e depois mudar. Tudo bem, mudamos mesmo. Mas se o investidor olhar com atenção para o seu momento de vida agora eu tenho certeza que será possível definir um bom objetivo para a carteira de investimentos.

Rebalanceamento de ativos

A importância do rebalanceamento de ativos é grande. Ao investir é importante definir uma proporção de onde as aplicações serão diversificadas. Digamos:

  • 60% investidos em renda variável;
  • 40% investidos em renda fixa.

Para expandir sua compreensão sobre o tema aprenda um pouco mais sobre diversificação de investimentos.

Proporção respeitada

Rebalancear é manter esta proporção respeitada. Por exemplo, digamos que 6 meses depois de começar a investir, suas ações subiram muito e agora todo seu dinheiro investido ficou distribuído entre 75% em renda variável e 25% em renda fixa. Neste caso o investidor deve realocar os ativos financeiros para a proporção definida da carteira de investimentos.

De olho nas novidades

O mercado de investimento em ativos financeiros é dinânimo e novas oportunidades surgem todo dia. O investidor que obtém grandes retornos, geralmente, segue um estratégia definida, e esta estratégia pode ou não evoluir. Muitas vezes ela é simples, com fortes princípios que a fundamentam.

Estar atento ao mercado e acompanhar os seus principais movimentos é muito importante, assim como manter-se atualizado e educado financeiramente. Caso seja um investidor iniciante, siga algumas dicas para iniciar uma carteira de investimentos.

Lembre-se da Reserva de Emergência

Uma reserva de emergência é uma reserva financeira que o investidor pode recorrer caso precise de dinheiro. Apenas em situações realmente necessárias.

A ideia aqui não é o investidor utilizar para juntar dinheiro para sua próxima viagem. Esse fundo deve ser realmente destinado para situações emergenciais. No meu caso eu já utilizei uma parte da minha reserva de emergência quando fui demitido, isto me trouxe total tranquilidade para buscar outro emprego.

Descubra mais dicas para cuidar e desenvolver a sua carteira de investimentos em nosso eBook.

saiba-como-diversificar-sua-carteira-de-investimentos
Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

É investidor de ações desde 2008 e escreve sobre investimentos e tecnologia. É sócio e autor no blog caminho para riqueza. Twitter: @EvertonCpR

Comentários