fbpx

Crer para ver e não ver para crer [Matrix]

Porque a lei sutil de que é preciso “crer para ver” funciona, e a crença de Tomé onde é preciso “ver para crer” é um engano? E que muitos investidores, que se alegam céticos, ainda caem e, provavelmente, vão continuar caindo.

Infelizmente “aprendemos” com o apostolo Tomé, o descrente, que se deve “ver para crer“. Eis que numa aula de Kabbalah vários anos atrás o professor afirmou que uma das leis sutis é “crer para ver”. E esta afirmação fez todo o sentido. Mas, o que isto significa?

A Matrix

Alguém lembra de Matrix, o filme? Morpheus acredita em Neo mais do que ele mesmo. Porém nada acontece. Isso não abala a crença de Morpheus. O fato de Morpheus acreditar em Neo mais que ele próprio intriga Neo e ele inicia uma busca dentro de si mesmo.

De fato, o inesperado só acontece quando Neo passa a acreditar em si mesmo e compreender o seu completo potencial. Neste momento ele se transforma em quem de fato ele realmente é.

Este é um exemplo da aplicabilidade da lei sutil do “crer para ver”. O oposto é um engano e infelizmente muitos investidores ainda perdem tempo com a pseudo-lei de tomé.

A crença no “ver para crer” é como se esperar por algo que não estamos preparados para ver. Sendo assim é preciso primeiro crer.

Epigenética

Esta lei sutil também se reflete na Epigenética:

As crenças controlam a Biologia.
(Bruce Lipton, escritor e pesquisador em Epigenética)

A ciência da Epigenética comprova que o meio ambiente controla a atividade genética.

Crise Coronavírus retangular

Strovolos no Chipre

Kyriacos Markides, escritor e acadêmico da Universidade do Maine (EUA), na sua série de livros sobre Daskalos, um curandeiro do Chipre, também apresenta fatos curiosos onde a crença exerça um enorme poder de cura em centenas de pessoas.

Os grandes investidores

John Templeton, muito provavelmente, foi o investidor que mais investiu tempo no estudo de ciências da espiritualidade. Conhecimentos que poderiam ajudá-lo a se tornar mais consciente, paciente, disciplinado, verdadeiro consigo mesmo, coerente, respeitoso e capaz de um alto discernimento em qualquer situação. No geral não há faculdade acadêmica capaz de trazer ou fornecer estes tipos de habilidades.

Peter Lynch, em seu livro mais famoso lista algumas das habilidades citadas acima, como essenciais para um investidor obter sucesso, sendo a paciência a mais importante. Portanto, o investidor ansioso e impaciente não está no caminho certo, segundo as orientações fornecidas por Peter Lynch e John Templeton.

Peter Lynch ebook selecao de acoes

Éverton Gaucho

Por Éverton Gaucho

Escreve sobre investimentos e tecnologia. É autor no site Caminho para Riqueza. Twitter: @EvertonCpR

Comentários