Como investir no mercado financeiro em prol da sua qualidade de vida?

Como investir: melhores investimentos para ganhar dinheiro no mercado

Saber como investir no mercado financeiro é, hoje, o objetivo de muitos brasileiros. Diante das escolhas certas, é possível aumentar o patrimônio, conquistar maior estabilidade e até garantir uma renda para o futuro.

Através de uma carteira de investimentos bem fundamentada, é possível garantir a proteção do seu patrimônio financeiro, acumular riqueza e ainda viver de renda passiva na sua aposentadoria.

Qualidade de Vida

Quando o assunto é qualidade de vida, as decisões são especialmente importantes tanto para a segurança quanto para elevar o padrão econômico. Quem deseja se aposentar mais cedo encontra no mercado financeiro uma possibilidade atraente.

A boa notícia é que há várias aplicações que podem gerar o efeito tão desejado. Com isso, você e sua família terão um bem-estar muito maior. Quer saber como? Então, veja como investir no mercado financeiro em busca de mais qualidade de vida:

Utilize o Tesouro Direto

Ideal para pequenos investidores, ou para quem possuiu perfil de risco conservador ou moderado, os títulos públicos, negociados através do tesouro direto, oferecem três opções de indexadores: pós fixado, pré fixado ou inflação + pré.

O Tesouro Direto é uma ótima alternativa para quem ainda não sabe como investir no mercado ou não conhece ativos mais complexos, mas deseja aliar segurança, prosperidade financeira e flexibilidade.

Para a qualidade de vida, é também uma opção diferenciada por causa do prazo de resgate que ele oferece. Com escolhas que flutuam de um dia,  poucos meses, ou até vários anos, é mais fácil para ampliar o patrimônio e, consequentemente, o seu bem-estar.

Sem pressa para resgatar o dinheiro

Nesse cenário, o ideal é manter a atenção no pré-fixado ou no Tesouro Selic. O Tesouro de condições preestabelecidas é perfeito para quem não tem pressa para resgatar o dinheiro, busca segurança e para períodos de baixa na taxa de juros. Graças a ele, é possível saber o quanto será ganho ainda no momento da contratação.

Porém, neste caso, o Tesouro Selic deve ser considerado para balancear a carteira, oferecendo liquidez imediata para compor uma reserva de emergência.


Se você contrata um encanador para cuidar de seu encanamento, mecânico pra cuidar do seu carro, 

agende um bate papo com um profissional de investimentos para cuidar dos seus sonhos.sonhos-objetivos-amor-paz-prazer-sucesso-sonho


Proteção do patrimônio contra a inflação

Outra opção segura é o Tesouro IPCA+. Esse título garante a proteção do patrimônio contra a inflação e ainda oferece um ganho real conhecido no momento do investimento.

Já o Tesouro Selic acompanha a variação da taxa básica de juros da economia e é voltado para quem deseja liquidez, máxima segurança e quer navegar nas condições flutuantes do mercado.

Em todos os casos, a incidência de Imposto de Renda para todos os títulos públicos ocorre pela tabela regressiva e, a partir de 721 dias de investimento, a taxa é a menor possível, 15% sobre a rentabilidade.

Conheça os Títulos de Emissão Bancária

Os títulos de emissão bancária como o CDB, a LCA, a LCI e a LC tem algumas características que agradam muito os investidores de variados perfis. A primeira delas é que esses títulos de renda fixa contam com a garantia do FGC para valores de até R$ 250 mil por emissor, limitado a R$ 1 milhão por CPF.

Do mais, assim como os títulos públicos, o rendimento dos títulos bancários podem ser de acordo com o CDI, índice que acompanha a taxa de juros, pré fixado ou atrelado à inflação.

Ainda, existem uma infinidade de emissores para esses títulos, o que permite o investidor diversificar sua carteira e mitigar os riscos, além de contar com opções com variados prazos de carência e rentabilidade.

Escolha boas opções de CDB

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é outro caminho interessante para investir no mercado financeiro. Para quem busca qualidade de vida, é uma boa alternativa, porque oferece muita flexibilidade e um desempenho com grande potencial.

Liquidez diária ou longo prazo

Com prazos que variam de 1 dia a 5 anos, ele pode ter liquidez diária e ajuda a obter recursos para aumentar o padrão de vida ou melhorar a vida em família, por exemplo.

Dependendo do tamanho do banco, a rentabilidade pode ser maior ou menor. Bancos de pequeno e médio portes têm maiores riscos e, com isso, podem pagar juros que ultrapassam 125% do CDI.

A tributação também é pela tabela regressiva e, com isso, aplicar por mais tempo significa ter que pagar menos impostos. Os CDBs são títulos de emissão bancária e, portanto, contam com a proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

E LCAs, LCIs e LCs?

Esses outros títulos de renda fixa de emissão bancária tem basicamente as mesmas características do CDB, com algumas ressalvas.

As LCs (Letras de Câmbio) são praticamente idênticas aos CDBs, porém são emitidas pelas financeiras e não pelos bancos.

As LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e LCIs (Letras de Crédito Imobiliário), também possuem características muito semelhantes. Porém, ao captar recursos através de uma LCA, o banco emissor é obrigado a alocar os recursos em empréstimos para fomentar o agronegócio. No Caso da LCI, no mercado imobiliário.

Pense nos fundos de investimento

Outra oportunidade e que ajuda a diversificar os ganhos são os fundos de investimentos. Eles funcionam no estilo condomínio: cada participante adquire uma quantidade de cotas, que é o valor investido. Todo o montante é administrado profissionalmente e pode ser aplicado em várias opções.

Os fundos de investimentos são ótimas opções para diversificar sua carteira de investimentos. Existem diversos tipos de fundos, com as mais variadas estratégias, para todo perfil de investidor.

Fundos atrelados ao CDI

Fundos DI ou referenciados são pós fixados e alocam 80% de seus recursos em ativos atrelados ao CDI, como títulos do Tesouro Direto por exemplo. Esse tipo de fundo normalmente possui muito baixo risco e também costuma ter liquidez curta, sendo uma boa opção para reserva de emergência.

Fundos imobiliários (FIIs)

Enquanto isso, os fundos imobiliários ajudam o investidor a entrar no mercado de imóveis e a ter elevadas possibilidades de ganhos.

Os FIIs são negociados na Bolsa de Valores e oferecem duas possibilidades de remuneração para o investidor. Uma delas é o pagamento de proventos normalmente mensais. Esse pagamento é isento de IR para investidores pessoa física e são muito semelhantes ao recebimento de um aluguel.

A outra é a valorização patrimonial, caso as cotas do fundo aumentem seu valor na bolsa.

Guia para escolher o melhor fundo de investimento e construir riqueza

Fundos de ações

Para perfis arrojados, e agressivos, existem os fundos de ações e até os multimercado, que diversificam ainda mais o uso do dinheiro. Em geral, trazem atuação no câmbio, mercado futuro da taxa de juros, ações e assim por diante.

Para a sua qualidade de vida, é uma escolha perfeita porque aumenta a possibilidade de ganhos sem ampliar tanto os riscos. Os fundos trazem chances de alavancar o patrimônio e conquistar a tranquila aposentadoria precoce.

Considere aplicar em ações

Mesmo sendo de renda variável, a Bolsa de Valores tem ótimas opções para investir no mercado financeiro. Com uma atuação adequada, optar por ações pode ser de grande auxílio para a sua qualidade de vida.

Ações de boas empresas

Mesmo que a maior parte das ações seja voltada para o longo prazo, há alternativas com liquidez elevada e bons rendimentos em um prazo menor. Empresas que oferecem excelente rentabilidade e trazem maior segurança são escolhas interessantes para a prosperidade financeira.

É um caminho para aumentar a qualidade de vida, já que tem grandes chances de rentabilidade. Se tudo for feito com avaliações adequadas, os riscos podem ser contornados.

aprenda como começar a investir na Bolsa de Valores

Use o COE como uma possibilidade

Para investidores de perfil moderado e arrojado e que tenham maior conhecimento, há o Certificado de Operações Estruturadas. Ele é uma saída para quem ainda não sabe como investir no mercado financeiro e não quer ampliar tanto os riscos.

Investimento quase personalizado

Trata-se de uma versão das notas estruturadas e é, de certa forma, um investimento quase personalizado. Ele é bastante flexível e trabalha em um cenário de perdas e ganhos.

Dependendo das suas configurações, o COE permite aproveitar diferentes cenários com boa rentabilidade e um risco reduzido.

Há um valor mínimo de aplicação — geralmente, a partir de R$ 5 mil —, mas ainda é bastante acessível. Como é uma possibilidade nova, traz diversas possibilidades que podem ser exploradas.

Capital protegido

O maior benefício é que normalmente o COE tem o capital protegido e o prazo, em geral, varia de 6 meses a 5 anos. Dentro do período, é possível obter um bom retorno e, depois, agir para elevar a sua qualidade de vida.

Tenha o apoio de uma assessoria de investimento

Conquistar e ampliar a renda é muito importante não só para quem investe, mas para toda a família. As suas decisões de aplicação afetarão o presente e o futuro de todos e, por isso, investir em educação e prosperidade financeira é muito relevante.

Entre tantas opções, é comum se sentir perdido sobre o que funciona para o seu perfil e objetivos. Para lidar com a questão, recorra a uma assessoria de investimentos. Com o apoio de um profissional experiente e capacitado, você saberá como aplicar melhor os seus recursos.

Também é um modo de evitar armadilhas e riscos desnecessários. Com o aumento da segurança, há maior tranquilidade para atingir as metas desejadas.

Ao saber como investir no mercado financeiro, você e sua família vão se sentir mais seguros e terão mais qualidade de vida no futuro. Para ter melhor desempenho, não deixe de contar com a ajuda certa de um assessor de investimentos.

Caminho para Riqueza

Por Caminho para Riqueza

Caminho para Riqueza é um blog de educação focado em investimentos financeiros.

Comentários